Notícias


Coluna de abril: “Adaptando – Quando quem mais precisa de adaptação – ou de um doce – sou eu!”


29/04/2015 | Notícias

maria-rita619

Já leu a coluna de abril da Maria Rita na revista Pais & Filhos? Confira o texto na íntegra:

“Com Antonio foi menos turbulento. Decidi colocá-lo na escola no meio do ano. Mais por ele do que por mim. Filho único, mãe viajando um tanto… Achei que uma rotina para ele seria construtiva. Outras crianças, sociabilização. Criança pede essas coisas. Chegamos no meio do semestre, todos os outros alunos já tinham se adaptado. Baixei ordem de que durante uma semana esquecessem que eu existia – porque, né, tudo é muito mais importante do que é importante pros outros. (Lembrem que oito anos atrás não existia essa praga de iPhone. Tive O MEU espaço*.)

O processo foi muito bacana: eu ficava na mesinha das crianças do lado de fora, lendo meu livro. Firme e forte e pilastra que sou para meus pequenos. Ele sorria satisfeito. Dali alguns dias, Antonio ficou maior de grande e eu fui liberada pela coordenadora a ficar – OLHA QUE INCRÍVEL! – na secretaria. Ele provou para todos que era menino maduro e capaz de lidar com aquilo tudo. Dois dias depois, a realidade me estapeou com força: a coordenadora disse que eu podia ir embora. “Então, querida: eu não tenho nada pra fazer! Fico aqui! Ninguém vai nem me ver!” E ela me mandou comer um doce ali perto. “Mas eu não posso comer doce por causa da voz, nem gosto mesmo, eu fico aqui!” Ela disse: “Hora de fazer a adaptação da mãe”. Fui pro meu carro, estacionado na escola, e segui lendo meu livro até dar a hora de retirá-lo daquela selva de insensibilidade. Supermadura.

Já com Alice, estou comendo o pão amassado de anteontem. Aquele bem duro, sabe? Não sei qual é o lance. Se é porque é minha menina, se é porque sou uma senhora de 37 anos (com Antonio, tinha 27). E eu sento fora da sala e sento dentro – tudo o que me mandam fazer para ajudá-la, eu faço. E quando ela pede colo, meu coração aperta e eu quero correr com ela dali, e quando ela fica bem na sala sozinha eu choro de emoção e de orgulho e de medo de estar perdendo minha menina (gente, imagina no casamento! Cadê a jaula dela?) e quando tiram a massinha dela eu quero chamar a professora… Tá fácil, não. E tem as outras crianças, que choram solidariamente quando uma chora, e a minha menina não entende aquela gente gritando e eu só quero pegar todo mundo no meu colo e acalmá-los todos! Sabe cumé: mãe de um, mãe de todos. Eu volto da escola, dou almoço pra ela, boto pra dormir, e desmorono na cama, exausta. Emocionalmente. Moída. Quero colo.

E semana retrasada eu tive que ir a São Paulo de última hora para uma gravação e não pude levá-la. Foi com a babá, para não perder o ritmo. Logo depois do horário da saída, a coordenadora me ligou e soltou a maior das grosserias: “Você não vem mais, tá? Ela fica ótima – até melhor – sem você”. Perdeu o lugar no céu, essa moça. De novo: orgulho, emoção, medo. Totalmente chocada. Não voltei mais! Obediente que sou! Mas morro. Tô aqui, escrevendo pra vocês pra ver se alguém me entende!

Olha. Honestamente. Não sei o que vai ser de mim. Talvez precise comer um doce.
*Vamos falar disso na próxima coluna? Enfrentar as sombras?”

Show da Maria Rita no Uruguai é adiado


28/04/2015 | Agenda, Notícias

Por razões técnicas, o show da Maria Rita em Montevidéu, no Uruguai, não acontecerá mais no dia 2 de maio. A nova data confirmada é dia 30 de junho de 2015.

PROMOÇÃO: concorra a dois ingressos para o show da Maria Rita em 17 de abril em SP


13/04/2015 | Notícias

No dia 17 de abril, Maria Rita volta ao Citibank Hall de São Paulo para fazer todo mundo sambar com o show “Coração a Batucar “.
Quer ganhar dois convites para essa apresentação da artista? Participe da promoção exclusiva no Facebook oficial da cantora clicando AQUI!
Para participar é necessário:
1 – Curtir o perfil oficial da Maria Rita no Facebook, utilizando o botão CURTIR (LIKE) no topo.
2 – Clicar em QUERO PARTICIPAR no botão da promoção (via aplicativo Sortei-me).
3 – Seguir o regulamento da promoção.

CAbEspecial_CitiSP_17.04PROMO_site
Confira o regulamento abaixo:
REGULAMENTO:
Iremos fazer o sorteio através do serviço Sorteie.me.

1 – Essa promoção tem caráter exclusivamente recreativo e cultural e não tem qualquer custo para os participantes.

2 – Período de participação: 09/04/2015 a 14/04/2015

3 – O sorteio será feito às 14h do dia 14/04/2015, utilizando a ferramenta sorteie.me, e o resultado será divulgado aqui no Facebook da Maria Rita.
4 – Não estão incluídas nesta promoção despesas de alimentação, transporte ou quaisquer outros gastos antes, durante ou após o show.

5 – Para participar é necessário:

Curtir o perfil www.facebook.com/MariaRitaOficial e clicar em “Quero Participar” dentro da aba “Promoção”, na fanpage do Facebook.

6 – Prêmio:
a) Um par de convites (duas unidades) para o show “Coração a Batucar” no Citibank Hall, em São Paulo, dia17 de abril de 2015.
7 – Atenção: após o sorteio, entraremos em contato com o vencedor, por e-mail, através do endereço eletrônico de contato fornecido pelo Sortei-me. Se o sorteado não responder à mensagem da nossa equipe em até 24h após o contato, outro sorteio (relâmpago) será realizado!
8 – Somente pessoas que estejam em São Paulo em 17 de abril de 2015, com perfil ativo no Facebook, e que sejam curtidoras do perfil http://www.facebook.com/MariaRitaOficial poderão participar desta Promoção. Se você não estiver em São Paulo em 17/04, não tire a chance de outra pessoa ganhar!

Participe, compartilhe e boa sorte!

Veja como garantir a sua Edição Especial de “Coração a Batucar”


01/04/2015 | Notícias

MariaRita_profile

O novo trabalho da Maria Rita, a edição especial do seu último álbum, “Coração a Batucar”,  já foi lançado oficialmente no último dia 24 de março. Se você ainda não garantiu o seu ou não quer ir pessoalmente a uma loja física para comprar o novo disco e completar sua coleção, na lista abaixo podem ser encontrados os principais links de venda online.

É fácil, basta escolher o seu preferido, clicar e depois, é só esperar seu #CabEspecial chegar na sua casa!

Lojas:

Saraiva 

Livraria da Folha 

Livraria Cultura

Streaming:

Deezer

Spotify

Rdio

iTunes

Google Play

 

 

Edição Especial de “Coração a Batucar” chega às lojas do Brasil


25/03/2015 | Notícias

Vencedor do Grammy Latino de Melhor Álbum de Samba de 2014, “Coração a Batucar” já rendeu a Maria Rita um Disco de Ouro pela venda superior a 50 mil cópias e uma turnê elogiosa que já passou pelas principais cidades brasileiras, além de Europa, América Latina e Estados Unidos. Para celebrar a marca e o sucesso, a Universal Music e Maria Rita prepararam uma edição especial do álbum “Coração a Batucar”, contendo, além do CD, um DVD inédito com o registro de um show único e intimista de Maria Rita, realizado no estúdio Na Cena (SP), em outubro passado.

Dirigido por Hugo Prata (vídeo) e Maria Rita (áudio), e arranjos de Jota Moraes com adaptações da banda e cantora, o DVD traz imagens que eternizam a entrega artística da cantora em nove certeiros números musicais. Requintados enquadramentos aproximam o espectador da apresentação, valorizada pelo discreto cenário e luz apurada. Planos abertos captam os gestos ora delicados, ora arrebatadores da cantora, enquanto expressivos closes enfatizam as emoções impressas em cada interpretação.

Radiante, dominando a cena, Maria Rita mostra sua reconhecida segurança vocal, com o luxuoso auxílio dos músicos Wallace Santos (bateria), Alberto Continentino (baixo), Davi Moraes (guitarra), Rannieri Oliveira (teclados), Marcelinho Moreira (percussão) e André Siqueira (percussão). “É um momento bastante especial, eu quis extrair um pedaço do que é o show na estrada, trazendo o conceito de como nós gravamos o disco, com a roda de samba”, explica a cantora na making of incluído nos ‘Extras’.

MR_lancamento24_site

A total cumplicidade entre Maria Rita e a banda produz momentos vibrantes em faixas como ‘Meu samba sim senhor’ (Fred Camacho/ Marcelinho Moreira/ Leandro Fab) e ‘Coração a batucar’ (Álvaro Netto Lancellotti/ Davi Moraes). Interação que também turbina ‘Abismo’ (Thiago Silva/ Lele/ Davi dos Santos) e ‘Fogo no paiol’ (Rodrigo Maranhão) e injeta contemporaneidade e irreverência em ‘Saco cheio’ (Dona Fia/ Marco Antônio).

A emoção bate (ainda mais) forte nas delicadas ‘Rumo ao infinito’ (Arlindo Cruz/ Marcelinho Moreira/ Fred Camacho) e ‘Mainha me ensinou’ (Arlindo Cruz/ Xande de Pilares/ Gilson Bernini), que já se impõem como clássicos na discografia da cantora. Os petardos ‘Bola pra frente’ (Xande de Pilares/ Gilson Bernini) e ‘É corpo, é alma, é religião’ (Arlindo Cruz/ Rogê/ Arlindo Neto) incendeiam o seleto e sortudo público presente.

Gravado com o apoio do Instituto GVT, o DVD traz ainda nos ‘Extras’ o inédito videoclipe da música ‘Bola pra frente’, com a participação especial de 21 jovens músicos integrantes do Projeto Rumpilezzinho, do maestro Letieres Leite. O filme foi gravado em Salvador (BA) e reafirma a feliz opção de Maria Rita pelos registros ao vivo. “Eu fico tocada, muito tocada. Vim ao mundo por causa da música, então a música pra mim é muito forte, muito séria, que precisa ser cuidada, é um dos nossos maiores patrimônios”, diz ela sobre as ações de apoio a projetos sociais ligados a arte.

Neste novo trabalho de Maria Rita, mais uma vez, a emoção dá o tom, deixando a música fluir pelos poros e todos sempre com o coração a batucar.

REPERTÓRIO COMPLETO:

1. Meu Samba Sim Senhor (Fred Camacho/Marcelinho Moreira/Leandro Fab)
2. Rumo Ao Infinito (Arlindo Cruz/ Marcelinho Moreira/ Fred Camacho)
3. Abismo (Thiago Silva/ Lele/ Davi dos Santos)
4. Coração a batucar (Álvaro Netto Lancellotti/Davi Moraes)
5. Mainha Me Ensinou (Arlindo Cruz/ Xande De Pilares/ Gilson Bernini)
6. Fogo No Paiol (Rodrigo Maranhão)
7. Saco Cheio (D. Fia/ Marco Antonio)
8. Bola Pra Frente (Xande De Pilares/ Gilson Bernini)
9. É Corpo, É Alma, É Religião (Arlindo Cruz/ Rogê/ Arlindo Neto)

Extras

1. Clipe: Bola Pra Frente – Com Letieres Leite e Projeto Rumpilezzinho
2. Making of

“Coração a Batucar” – Ed.Especial: pré-lançamento na GVT Music


18/03/2015 | Notícias

MR_GVTMusic_site

 

Aguardada com ansiedade pelos fãs e pela mídia, a Edição Especial do álbum “Coração a Batucar”, último trabalho da cantora Maria Rita, já pode ser apreciada com exclusividade nos canais da GVT Music. O lançamento virtual aconteceu nessa terça, 17 de março, e dá uma semana de vantagem aos assintantes da GVT Music, já que o disco só chega às lojas a partir do próximo dia 24.

O projeto #CabEspecial foi apoiado pelo Instituto GVT. Maria Rita garante que a edição especial ficou do jeito que ela queria: “Eu estou super feliz com o resultado!”

Até o dia 23, segunda-feira que vem, é possível conferir‬ o novo show da cantora, com canções como ‘Meu Samba Sim Senhor’, ‘É corpo, é alma, é religião’, ‘Abismo’, ‘Rumo Ao Infinito’ e ‘Bola pra Frente’. Se for assinante, clique aqui para assistir ao especial em primeira mão. Ou ouça o disco completo.

 

Nova coluna da Maria Rita: “Polêmicas em que não entro”


17/03/2015 | Notícias

maria-ritaPais-e-Filhos_site

Em sua terceira coluna na Revista Pais & Filhos, Maria Rita toca em um assunto espinhoso: a opção que algumas mães fazem, ao continuar trabalhando e deixar os filhos com babás. Leia a íntegra do texto:

“Detesto. Detesto gente agressiva, gente que perde a cabeça durante uma conversa, durante uma troca de ideias. Detesto. Fico mais irritada com isso do que com uma ideia contrária à minha. Porque eu parto do princípio de que, talvez, eu não tenha olhado por um outro ângulo. Adoro conversas agregadoras, com ideias que respeitem umas às outras, por mais conflitantes que possam ser. Agressividade gratuita eu simplesmente desligo. Me desligo. Bypass. Delete. Block.

Outro dia ouvi uma turma de mães indignaaadas com outras mães que – pasmem! O absurdo! – têm babá. Como sou uma mãe que tem babá, e que detesta entrar em polêmica, bem calei a boca, mas acionei meus ouvidos, que de ruins não têm nada, e fiquei anotando respostas possíveis na nuvem que pairava sobre minha cabeça.

O que mais me chocou foi que em pleno 2015 há gente que não entende (ou finge não entender?) a realidade de 99,9% das mães do Brasil (atenção: esse número não é de acordo com estudo algum). Mas vamos lá. Argumentos do tipo “se é para não criar, pra que ter?” me causam estranheza. Desde quando uma mãe que trabalha não pode ter filho? Ou ajuda com um filho? Ou precisa largar sonhos e realizações para ser mãe? Coisa mais antiga, gente. Seria melhor ter uma avó que ajudasse? Opa, se seria. Mas veja que espanto!: Tem mãe que não tem mãe! E hoje em dia, muitas são as avós que – ai, que absurrrrrrrdo! – trabalham. Porque a vida não está fácil pra ninguém. E mesmo que estivesse!

O fato de mães trabalharem, seja por necessidade, seja por – ai, que horror! – prazer (sem contar a necessidade do prazer!), de maneira alguma tira delas algumas coisas. Primeiro: o amor incomparável que sentem pelos filhos; segundo: a culpa doída por não estarem com eles; e terceiro: vontade de ter mais filhos.

Eu sonho com mais um filho. Mesmo. As chances são pequenas por uma série de motivos, mas eu sonho, sim. Seriam três. Com babá, amigos, tia, quase-madrinhas e padrinhos… porque nem sempre a família da gente é aquela na qual nascemos. Muitas pessoas têm a sorte de poder escolher suas famílias. Eu escolho a minha todos os dias: meu marido, meus filhos e um bando de agregados que nos amam, nos respeitam. E entendem que, para eu ser uma mãe melhor, eu preciso trabalhar. Meus filhos sabem disso. Meu marido sabe disso.

Eu sou uma pessoa melhor quando estou produzindo, quando estou trabalhando. Com um peso enorme de culpa e de saudade? Sim. Mas eu duvido que alguém diga que meus filhos sejam pessoinhas mal-amadas, malcriadas, tristes, abatidas, malvestidas, malcuidadas. E é pela babá? É também (mas veja bem, meu bem, quem a escolheu fui eu!). E tudo certo. Porque filho é também nossa turma! É fácil – e também horroroso – julgar o próximo. Só que o outro do outro é a gente mesmo. Guardemos o soco inglês!”

 

Muita música para celebrar o Dia Internacional da Mulher


09/03/2015 | Notícias

Para homenagear todas as mulheres no Dia Internacional da Mulher, montamos uma playlist que enaltece o universo feminino e as tão distintas – até contraditórias – facetas e emoções da mulher.
Palmas para a mulher que não é de ficar melindrada e não cai do salto nunca, mas também para a que adora viver como num romance e sonha em marcar a pele do amado como tatuagem. Um “viva!” especial para aquela que sabe ser mãe e ser filha, para quem é esposa, quem é a outra, para as bailarinas, lavadeiras, sereias, serpentes. Salve as madalenas e marias, a mulher que quer paz e a que vai para o baile funk, a santa e a louca, a conformada e a pagu ardida mais que pimenta, que sabe que não é bruxa, não é bunda! No Dia Internacional da Mulher, a voz da Maria Rita ecoa para essa mulher e todas as outras do mundo!

 

1 2 3 43