Notícias


Maia Rita participa do Sambabook Zeca Pagodinho


18/04/2014 | Notícias

Acaba de ser divulgado o vídeo de “Alto Lá”, música de Zeca Pagodinho com parceria de Arlindo Cruz e Sombrinha, que Maria Rita interpreta no Sambabook em homenagem ao sambista. O projeto reuniu artistas como Maria Rita, Gilberto Gil, Lenine, Emicida, Beth Carvalho entre muitos outros talentos da música brasileira homenageando a obra desse grande sambista.

 

Promoção “Eu vou curtir o da Maria Rita na Fundição”!


16/04/2014 | Notícias

MR_site
Em 26 de abril os cariocas conferem show de estreia da turnê “Coração a Batucar”, com Maria Rita e banda! A apresentação será no berço do samba, a Lapa, na Fundição Progresso – RJ! Sortearemos um par de convites (2) para o show. Quer ganhar?

Para participar é necessário:
1 – Curtir o perfil do oficial da Maria Rita no Facebook utilizando o botão CURTIR (LIKE) no topo.

2 – Clicar em QUERO PARTICIPAR no botão da promoção (via aplicativo sortei-me).

PRÊMIOS:
Será sorteado 1 (um) participante para receber o seguinte prêmio:
- um par de convites para o show “Coração a Batucar” no Rio de Janeiro, em 26 de abril de 2014.
Confira o regulamento abaixo:
REGULAMENTO:
Iremos fazer o sorteio através do serviço sorteie.me.

1 – Essa promoção tem caráter exclusivamente recreativo e cultural e não tem qualquer custo para os participantes.

2 – Período de participação: 16/04/2014 a 24/04/2014 (até meio-dia).

3 – O sorteio será feito ao meio-dia do dia 24/04/2014, utilizando a ferramenta sorteie.me e o resultado será divulgado aqui no Facebook da Maria Rita.

4 – Para participar é necessário:

Curtir o perfil https://www.facebook.com/MariaRitaOficial  e acessar “Quero Participar”  na  página da promoção no Facebook.

5 – Prêmio:
um par de convites para o show “Coração a Batucar” no Rio de Janeiro, em 26 de abril de 2014.

6 – Atenção: após o sorteio, entraremos em contato com o vencedor, por e-mail, através do endereço eletrônico de contato fornecido pelo sortei-me. Se o sorteado não responder à mensagem da nossa equipe em até 24 hs após o contato, outro sorteio (relâmpago) será realizado!

7 – Somente pessoas que estejam no Rio de Janeiro em 26 de abril de 2014, com perfil ativo no Facebook, e que sejam curtidoras do perfil https://www.facebook.com/MariaRitaOficial poderão participar desta Promoção. A promoção não inclui custos com hospedagem e alimentação, portanto, se você não estiver no Rio em 26/04/2014 não tire a chance de outra pessoa ganhar!
Participe e boa sorte!

Link da promoção:

https://www.sorteiefb.com.br/tab/promocao/331913

Maria Rita sai em turnê com “Coração a Batucar”, seu segundo (e mais elogiado) disco de samba


15/04/2014 | Notícias


MR

 

Sete anos depois de “Samba Meu”, Maria Rita acaba de lançar “Coração a Batucar”, sua segunda incursão pelo mais brasileiro dos gêneros musicais. E antes mesmo de colocar o ‘bloco na rua’, ela já possuía mais de 80% do repertório do novo show. “Sou uma pessoa inquieta. Trabalhei durante três meses em sigilo absoluto e conforme o disco ia se desenhando, o show ganhava forma na minha cabeça. Agora faltam apenas os detalhes”, anunciou a cantora durante a maratona de entrevistas para o lançamento do álbum, que já se encontra disponível no iTunes e chegou às lojas físicas em 11 de abril.

Com direção da própria Maria Rita, a nova turnê tem início no dia 26 de abril, na Fundição Progresso, Rio de Janeiro. Antes, porém, ela fez uma pré-estreia em Lorena, no interior de São Paulo, no dia 12: “Costumo dizer que o primeiro show é sempre uma pré-estreia. É quando podemos fazer os últimos ajustes, acertar os detalhes”, afirma. Animada com o novo trabalho, a cantora conta que não pretende fazer deste show uma réplica do novo CD, mas o foco é o samba. “O samba permeia minha carreira desde o início. Por isso, além das novidades de “Coração a Batucar”, trago canções do “Samba Meu” e outras desses 12 anos de estrada. Sou madrinha de bloco, desfilo em escola de samba no Rio e em São Paulo. Já avisei no Facebook que esse disco é para se acabar de dançar, sair com bolha no pé”, brinca.

Maria Rita quer reproduzir no palco o clima que norteou a produção de “Coração a Batucar”, que foi gravado praticamente ao vivo, em uma autêntica roda de samba. “A nossa disposição no palco se dará de uma forma que a plateia poderá ver a minha interação com os músicos, sem que para isso eu precise estar de costas para o público”, antecipa.  Liderada por Davi Moraes (guitarra), a banda que a acompanhou em estúdio também vai para o palco, e conta ainda com Alberto Continentino (baixo), Rannieri de Oliveira (piano) e Wallace Santos (bateria).

Os figurinos são do estilista e parceiro de longa data, Fause Haten, que pela primeira vez, também assina os cenários de um show. A iluminação fica a cargo de Samuel Betts, o figurino da banda é de Gilda Midani, a execução da cenografia é da Tiba Produções, de Esequiel Jr. e Mara Cesar, e a produção geral é da Tribo Produções. “O cenário é surrealista e ao mesmo tempo minimalista. Está bem diferente de tudo o que já apresentei, mas é um show que poderei levar para qualquer lugar”, afirma.

Coração a Batucar começou a tomar forma quando Maria Rita foi convidada pela produção do festival Rock in Rio a montar show exclusivo para o palco Sunset, em 2013, e resolveu dar vazão à paixão por Luiz Gonzaga Jr, o Gonzaguinha. “Ali, o bicho pegou. Veio a reação da plateia… foi demais!”, recorda. Além disso, a repercussão de Samba Meu (seu primeiro álbum do gênero) nas redes sociais e os diversos prêmios recebidos – como o Grammy Latino de melhor álbum de samba – não deixaram dúvida. “Não posso dizer que comecei a fazer a pesquisa de repertório já pensando num disco de samba. Foi acontecendo.”

Puxado por “Rumo ao infinito” (Arlindo Cruz, Marcelinho Moreira e Fred Camacho), escolhida a primeira música de trabalho e em alta rotação nas rádios brasileiras, “Coração a Batucar” traz ainda a canção “Meu Samba, sim, senhor”, dos mesmos Marcelinho Moreira, Fred Camacho e Leandro Fab que abre o disco: “Mais uma vez/ Aqui estou/ Não vou negar/ Eu vou representar com todo meu amor/ Cantando por aí/ Levando a alegria pro meu povo/ Não há nada que me faça mais feliz/É tão encantador/ Meu samba, sim, senhor.”

O repertório traz ainda “Fogo no paiol”, de Rodrigo Maranhão, “Abre o peito e chora” (Serginho Meriti) e “No meio do salão”, de Maurílio de Oliveira e Everson Pessoa, do novo samba paulista da tradição do “Samba da Vela”. Do baú de Almir Guineto veio a bem humorada “Saco cheio” (Dona Fia e Marco Antonio). Os refrãos irresistíveis de Xande de Pilares e Gilson Bernini estão presentes em “Bola pra frente” e, também, em “Mainha me ensinou”, canção que a dupla assina ao lado de Arlindo Cruz. E de Joyce Moreno recebeu uma espécie de declaração de princípios em “No mistério do samba”: “Que bom que é poder mergulhar no mistério do samba”.

Aos que perguntam se é uma volta ao samba, sete anos depois de seu primeiro trabalho dedicado integralmente ao gênero, Maria Rita responde primeiro com os versos de “É corpo, é alma, é religião”, a faixa de Arlindo Cruz, Rogê e Arlindo Neto, que encerra o disco: “Eu não nasci no samba, mas o samba nasceu em mim”. Depois, ela completa com a sua própria história: “É uma coisa intra-uterina. Minha mãe adorava sambas e gravou muitos. Eu sempre estive aqui. Não posso estar voltando de onde nunca saí”.

Para conferir o roteiro completo da turnê, clique aqui!

 

Turnê 2014 terá início nos próximos dias


08/04/2014 | Notícias

SITE-ESSE

A turnê “Coração A Batucar” terá início em breve! Cantora e equipe estão nos preparativos finais para a estreia! O primeiro show será em Lorena – SP, na Cervejaria do Gordo! Clique aqui para garantir o seu ingresso e confirme presença no evento!

Em 26 de abril Maria Rita volta a se apresentar no tradicional palco da Fundição Progresso, no Rio de Janeiro!
Para garantir o seu ingresso, clique aqui! E para confirmar presença no evento, aqui!

Confira a agenda completa com os primeiros shows desta turnê! Clique aqui para acessar!

 

Rumo Ao Infinito: Lyric Video


01/04/2014 | Notícias

lyric video

“Rumo ao Infinito” está nas ruas! A canção, consagrada como o hit do álbum “Coração a Batucar”, ganhou mais um link para os fãs darem play. O Lyric Video postado há poucas horas pelo canal Maria Rita VEVO já está com mais de mil visualizações e possui a letra completa de “Rumo ao Infinito” sobre imagens exclusivas dos bastidores da gravação do novo projeto.

Assista e cante junto! ♫ Pois é / Nosso grande amor / Que balança, mas não cai… ♪

Coração a Batucar: #namídia!


27/03/2014 | Notícias

“Coração a Batucar” está no ar! O disco já lançado no iTunes, e com streaming no  Deezer, foi pauta dos principais jornais do país nesta semana.  Confira o release oficial escrito pelo escritor e jornalista Joaquim Ferreira dos Santos.

MR2

Maria Rita – Coração a Batucar

“Maria Rita não precisa mostrar mais nada. Seus discos anteriores consolidaram a imagem de um perfeccionismo vocal absoluto, e este que você vai ouvir, se alguém ainda tinha dúvida, confirma tudo. Canta o fino. Mas, num mundo digital, onde até eu, pato rouco, voz de taquara rachada, posso cantar mais ou menos, que tal mudar o jogo e, na contramão do mercado, apostar na emoção?

Por que não encher a música de poesia analógica e, nas águas de Oswald de Andrade, investir na maravilhosa “contribuição milionária de nossos erros”? Na faixa “Mainha me ensinou”, por exemplo, parece que Maria Rita não vai conseguir se controlar e – tomada pelas sugestões da letra, a memória da mainha Elis Regina por trás da porta de cada verso – vai desabar no choro. Aos puristas de ouvidos cristalinos, essa voz embargada e outras delícias podem soar como imperfeições. Seriam, no entanto, facilmente apagadas, consertadas com um outro take de gravação e, pronto, estaria na praça mais um disco como os outros que estão por aí. Frios. Máquinas que cantam. Chaaaatos.

Maria Rita optou em “Coração a batucar” por um “quase ao vivo” realizado em estúdio. É um disco de sambas e, no momento da gravação, ela procurou o formato da tradicional roda dos terreiros, com os músicos envolvendo o cantor. Todos juntos no mesmo estúdio, eles se dispuseram a enfrentar os riscos e prazeres desse tipo de gravação. Evitou-se ao máximo qualquer conserto posterior de sujeirinhas que pudessem surgir.

“Estou cansada dessa busca da perfeição, do rigor frio do esteticamente perfeito”, diz Maria Rita. “Podíamos ter acertado alguma coisa depois, mas eu preferi deixar certas ‘esquisitices’. Queria que a naturalidade da voz, a emoção e a alegria de estar ali em corpo a corpo com os meus músicos ficassem na frente de tudo”.

De um lado, os arranjos são conduzidos pelo experiente Jota Moraes. Do outro, Maria Rita abriu uma roda de músicos modernos como Davi Moraes (guitarra), Alberto Continentino (baixo), Wallace Santos (bateria), Rannieri Oliveira (teclados), Marcelinho Moreira e André Siqueira (percussão). O resultado é um disco de reverência ao samba (há uma música inédita de Noca da Portela), mas que avança com a evolução da escola. Sem passadismo, sem mofo na roupa da porta-bandeira. Tem samba de palmas e também com a guitarra tomando o papel de percussão.

Como diz a letra de “Fogo no paiol”, de Rodrigo Maranhão, um dos reinventores do gênero, “Eu quero navegar, quem sabe o tempo muda tudo de lugar? (…) Pode até chover lá fora, no barraco ainda faz sol”.

Aos que perguntam se é uma volta ao samba, sete anos depois de seu primeiro trabalho dedicado integralmente ao gênero, Maria Rita responde primeiro com os versos de “É corpo, é alma, é religião”, a faixa de Arlindo Cruz, Rogê e Arlindo Neto, que encerra o disco: “Eu não nasci no samba, mas o samba nasceu em mim”. Depois, ela completa com a sua própria história: “É uma coisa intra-uterina. Minha mãe adorava sambas e gravou muitos. Eu sempre estive aqui. Não posso estar voltando de onde nunca saí”.

Tudo que é samba foi bem vindo nesse disco, um passeio que pode ir do pagode carioca rasgado de “Abismo” (Thiago Silva, Lele e Davi dos Santos) até as brincadeiras de Maria Rita com as extensões vocais provocadas por “No meio do salão”, de Maurílio de Oliveira e Everson Pessoa, do novo samba paulista do Quinteto Branco e Preto. Esta última é uma divertida resposta feminina à célebre discussão do casal em “Sem compromisso”, de Geraldo Pereira. “Se o bicho pegar desta vez, vai sobrar pra você”, canta Maria Rita e dá um sacode no machismo.

Ela foi ao baú de Almir Guineto e retirou de lá, de um antigo CD dos anos 90, a indignada e ao mesmo tempo bem humorada “Saco cheio” (Dona Fia e Marco Antonio), uma canção que a Igreja da outra vez não gostou e dessa vez, sob os ares modernos de Papa Francisco, talvez mude de opinião.

Maria Rita pegou ainda os refrões irresistíveis de Xande de Pilares, Leandro Fab e Charles André em “Nunca se diz nunca”. Mostrou técnica nas divisões sofisticadas de Serginho Meriti em “Abre o peito e chora”. Recebeu de Joyce Moreno, em “Mistério do samba”, uma espécie de declaração de princípios: “Que bom que é poder mergulhar no mistério do samba”.

Por fim, o disco pronto, escolheu como faixa de trabalho a delicada “Rumo ao infinito”, de Arlindo Cruz, Marcelinho Moreira e Fred Camacho. Na letra está encaixada a frase definitiva para encerrar qualquer DR: “Tá na hora da gente com jeito reconciliar”. É nessa faixa também que em alguns momentos Maria Rita, depois de ter chorado muitas vezes nos ensaios, resiste para não fazer o mesmo novamente com o microfone aberto. Deixou assim, e ficou bonito. Afinal, como lhe disse o maestro Jota Moraes, “se não pudermos chorar por uma bela canção, o que será da vida?”.

Joaquim Ferreira dos Santos

“Coração a batucar” é lançado no iTunes!


25/03/2014 | Notícias

MR_SITEiTunes

A partir de hoje, 25 de março, está disponível para compra e download no iTunes, o mais recente projeto da Maria Rita, “Coração a batucar”! Clique aqui para garantir o seu!

Confira abaixo os nomes e autores das canções que estão no sexto álbum da cantora!

1. Meu samba, sim, senhor (Fred Camacho/ Marcelinho Moreira /Leandro Fab)

2. Saco cheio (Almir Guineto)

3. Fogo no paiol (Rodrigo Maranhão)

4. No meio do salão (Magnu Sousá/ Maurílio de Oliveira/ Everson Souza)

5. Abismo (Thiago Silva/ Lele/ Davi)

6. Vai, meu samba (Noca da Portela/ Sergio Fonseca)

7. Abre o peito e chora (Serginho Meriti/ Rodrigo Leite/ Caíque)

8. Bola pra frente (Xande de Pilares/ Bernini)

9. Nunca se diz nunca (Xande de Pilares/ Leandro Fab/ Charlles André)

10. Rumo ao infinito (Arlindo Cruz/ Marcelo Moreira/ Camacho)

11. Mainha me ensinou (Arlindo Cruz/ Xande de Pilares)

12. No mistério do samba (Joyce Moreno)

13. É corpo, é alma, é religião (Arlindo Cruz/ Rogê/ Arlindo Neto)

14. Comportamento Geral (Gonzaguinha) (Bonus Track)

15. Um Sorriso nos Lábios (Gonzaguinha) (Bonus Track)

 

Comunicado oficial


23/03/2014 | Notícias

capa-mr

Bacanudos! Houve um pequeno atraso na fabricação do CD, e o lançamento será a partir do dia 08 de abril. A data do iTunes continua a mesma, 25 de Março. Essas coisas infelizmente acontecem e só podemos esperar! Sim, quanta ansiedade, não é?

Estamos todos com o “Coração a batucar” para o lançamento… Para os que ainda não encomendaram, clique aqui para comprar o álbum na pré-venda do iTunes.

E, como diz a cantora, em frente sempre!!

Agradecemos a compreensão e o carinho de sempre,

EMR

 

 

1 2 3 38